Brazi JN Rapidão
Estudo

IBGE: Piauí tem a maior taxa de pessoas solidárias do país

De acordo com o estudo, cerca de 38,1% dos piauienses afirmam participar do cuidado de crianças, idosos ou enfermos, sejam moradores do domicílio ou parentes que residem em outros locais.

05/06/2020 16h43
Por: Lameck Valentim
Fonte: Por: Jorge Machado, do Jornal O Dia

Uma pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) nesta quinta-feira (04) apontou que o Piauí tem a maior taxa de pessoas solidárias do país. 

De acordo com o estudo, cerca de 38,1% dos piauienses afirmam participar do cuidado de crianças, idosos ou enfermos, sejam moradores do domicílio ou parentes que residem em outros locais. Daqueles que colaboram com o cuidado de outras pessoas no Piauí, cerca de 41,6% disseram que possuem empregos remuneradas. A taxa é a maior do país. 

As mulheres se destacam na solidariedade

A presença feminina é destaque quando o assunto é o cuidado com o outro. Cerca de 43,9% das mulheres piauienses afirmam participar do cuidado de outras pessoas, já entre os homens do Estado, a participação é de apenas 31,7%.

Se comparado ao Brasil, elas ainda se destacam. O índice médio de participação é de 36,8% e, entre os homens, a taxa é de 25,9%.

78 mil piauienses fazem trabalho voluntário

Pelo menos 78 mil pessoas realizam trabalho voluntário no Piauí, o que equivale a 3% da população do estado, conforme a pesquisa. 

Desse total, a maioria, que corresponde a 39,6%, realiza ações de voluntariado com frequência de quatro ou mais vezes por mês. Além disso, cerca de 6,2% dos voluntários afirmaram participar das atividades por meio de empresas, organizações ou instituições e, apenas 13,8%, desenvolvem as ações individualmente.

Homens dedicam mais tempo ao trabalho voluntário 

De acordo com o IBGE, a quantidade média de tempo dedicado ao trabalho voluntário no Piauí é 5,6 horas semanais. 

Os homens dedicam mais tempo ao serviço, em média 6,5 horas. Já as mulheres, usam 5,1 horas semanais para o trabalho voluntário no estado.

Mulheres é a maior parte de voluntários 

A pesquisa revelou ainda que a maior parte dos voluntários no estado é mulher (65,1%), elas têm entre 25 e 49 anos de idade (47,4%) e ensino médio completo ou superior incompleto (37,7%). 

Cerca de 62,5% são de cor parda e 65% também atuam em ocupações remuneradas.

Por: Jorge Machado, do Jornal O Dia

 

 

 

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias