Samuel Valentim
Brazitaly
Saúde

Veja quais atividades são as mais arriscadas para contrair a Covid-19

Com a flexibilização da quarentena, muitas pessoas têm se permitido sair de casa com mais frequência.

VIVER BEM - SAÚDE É O QUE INTERESSA!

VIVER BEM - SAÚDE É O QUE INTERESSA!Importantes dicas de saúde para você viver bem!

26/07/2020 17h28Atualizado há 4 meses
Por: Lameck Valentim
Fonte: Extra

Com a flexibilização da quarentena, muitas pessoas têm se permitido sair de casa com mais frequência. Mas antes de colocar o pé na rua, é preciso medir o potencial risco de contaminação pelo novo coronavírus. 

Segundo o Extra, especialistas classificaram 15 atividades de acordo com o risco de propagação do vírus e ainda deram sugestões para reduzir o perigo de contágio. Munido de informações, você poderá escolher o que fazer e como se proteger da doença.

"A análise de risco leva em consideração fatores como a possibilidade de aglomeração de pessoas em um determinado local, a duração da estadia e a interação dessas pessoas entre si, a quantidade de pessoas presentes, a produção de gotículas e sua permanência no ambiente", explica Ana Helena A. Figueiredo, infectologista do Grupo Iron.

Uma mesma atividade, por exemplo, pode ser considerada de baixo ou de alto risco a depender da combinação destes fatores.

"A ida ao shopping, por exemplo: se a pessoa vai pontualmente fazer uma compra e logo sai do estabelecimento, sem aglomeração em lojas, o risco de contaminação é bem menor do que comparado a uma situação em que a pessoa passa horas dentro do local, transitando entre diversas pessoas e por praças de alimentação cheias. Portanto, é uma atividade que pode se tornar de alto risco", alerta Celso Granato, infectologista do Grupo Fleury.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias