Brazitaly
TURISMO

Geopark Cidade de Pedras em São João da Canabrava: um sítio arqueológico pertinho de Oeiras

O local é rico em artes rupestres são vários paredões localizados em diferentes locais no Geopark, muitos vestígios pré-históricos que ainda não foram estudados.

10/03/2021 16h25Atualizado há 1 mês
Por: Lameck Valentim
Fonte: Portal R10

A uma distância de 11 km de São João da Canabrava Piauí e à 50 km de Picos, fica um sítio arqueológico com muitos vestígios de antigos habitantes do Piauí. O local apresenta características peculiares, com inúmeras formações rochosas, picos gigantesco, vegetação de caatinga, brejos, poços naturais, cânions, diversas pedras furadas ou vazadas, no período de chuvas apresenta atrativos naturais como: cachoeiras, riachos em rochas, poços com grutas subterrâneas, córregos e outros. 

O local é rico em artes rupestres são vários paredões localizados em diferentes locais no Geopark, muitos vestígios pré-históricos que ainda não foram estudados.  

Geopark Cidade de Pedras já recebe visitantes há alguns anos, mas nunca fora devidamente explorado. Os senhores: Dionísio Ângelo, Edvaldo Severiano e Joaquim Osteliano, agricultores e principais exploradores do local já vêm há mais de 20 anos registrando imagens do local e levando visitantes para conhecer as suas belezas. Hoje os visitantes devem ir bem preparados, com roupas próprias para trilhas em meios a matas e espinhos, levar bastante água, calçados apropriados e sempre acompanhado de um guia, pois o lugar é vasto e confunde quem não conhece, fazendo assim, as pessoas andarem em círculos. 

Mas vêm muitas novidades por ai: uma equipe de desbravadores ambientalistas, estão desenvolvendo um projeto no Geopark a fim de preparar o local para receber turistas do Brasil e estrangeiros de outros países. 

Estamos preparando o Geopark Cidade de Pedras para a rota turística da Capadócia Piauiense. Está difícil o acesso de visitantes ao local por não ter rotas fixas e preparadas, por isso iniciamos um trabalho de mapeamento, para medir o distanciamento do parque, preparar trilhas diferenciadas para visitantes, com vários acessos e dificuldades diferentes, esses mapeamentos são realizados em loco via GPS, com registro de imagens com o georreferenciamento de cada ponto catalogado, mapeamento aéreo por meio de  drone e mapeamento satélite via GPS. Estamos com uma equipe muito bem montada tanto equipe de campo e trilha como a equipe técnica”, disse Josely Ecologista, coordenador do projeto

O projeto tem a equipe formada pelos seguintes integrantes:

Equipe de campo: Josely Ecologista, Dionísio Ângelo, Adailson Carvalho, Edvaldo Severiano, Joaquim (Quinco), Francisco Wiliames, José Clementino Modesto Alves e Pedro Janderson

Equipe Técnica: Prof. José Francisco, Everaldo Moura, Secretário Prof. Claudio Roberto e a jovem vereadora Elisania Bezerra.

Ainda de acordo com o desbravador e cineasta Josely Ecologista, este ano na segunda quinzena do mês de abril, será gravado um filme contando uma das lendas do geoparque. O nome do filme será Mistérios na Cidade de Pedras.

Gostaria de agradecer ao secretario municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo Prof. Cláudio Roberto e a gestão municipal em nome da ex-prefeita Mércia Abreu, por estarem proporcionando condições para melhorar o acesso e por providenciar a construção de um ponto de apoio, o Mirante com vista panorâmica do Geopark na localidade Serra da Caída. Com esse ponto os turistas podem apreciar de um ponto privilegiado as belezas da Cidade de Pedras”, finaliza Josely Ecologista.

 Confira alguns vídeos e imagens do Geopark Cidade de Pedras:

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias